14 featurings que deram o que falar na música brasileira

“Todos eles eram bastante famosos, mas se apresentavam no palco como se fossem muito mais famosos: isto é, com modéstia.” Brecht

Levada à casa de João Nogueira pelo amigo Paulo César Pinheiro, a cantora Elis Regina ganhou de presente a música “Bolero de Satã”, com letra de Pinheiro e melodia de Guinga. Elis decidiu convidar para a faixa, gravada no álbum “Essa Mulher” (1979), Cauby Peixoto, que ela considerava o melhor cantor do Brasil. Como se sabe, Elis tinha um temperamento competitivo e era avessa a dividir os holofotes.

Ela não gostava de duetos. De fato, o que se viu foi outra coisa, mesmo com seu ídolo maior. Ao longo dos 3 min 25s da canção, a presença de Cauby se resume a 32 segundos, sendo que em boa parte deles Elis faz vocalises ao fundo, e, nos cinco segundos finais, os dois, enfim, unem suas belas vozes. O que na época era conhecido como “participação especial”, hoje, seria chamado de “featuring”, ou, até, pela abreviação do termo, “feat”. Abaixo, selecionamos alguns dos mais bombados atualmente, com direito a uma licença poética para homenagear os precursores.

“BOLERO DE SATÔ
Quem: ELIS REGINA com CAUBY PEIXOTO
Ano: 1979
Verso: “Você penetrou como o sol da manhã
E em nós começou uma festa pagã
Você libertou em você a infernal cortesã
E em mim despertou esse amor
Atormentado e mal de Satã”

“ONDA DIFERENTE”
Quem: ANITTA com LUDMILLA e PAPATINHO
Ano: 2019
Verso: “A noite está cada vez melhor
As minhas pernas já já vão dar um nó
O meu sangue já ferveu
A minha onda já bateu”

“CHEGUEI”
Quem: LUDMILLA com DUDA BEAT e HIRAN
Ano: 2018
Verso: “Cheguei, cheguei chegando
Bagunçando a zorra toda
E que se dane, eu quero mais é que se exploda
Porque ninguém vai estragar meu dia”

“CHEGA”
Quem: DUDA BEAT com MATEUS CARRILHO e JALOO
Ano: 2019
Verso: “Como um foguete sem mais nem porque
Tirou o rumo da minha expressão
Agora não sei mais como viver
Sem ter você na minha mão”

“SÓ EU E VOCÊ NA PISTA”
Quem: DUDA BEAT com ILLY
Ano: 2019
Verso: “Mais uma vez eu te confirmo é a melhor coisa do mundo.
Só vem, que a gente junto nao tem para ninguém
E a gente de tanto moer meu bem,
Nesse rala e rola nesse vai e vem”

“DEVAGARINHO 2.0”
Quem: ILLY com BACO EXU DO BLUES e ARNALDO ANTUNES
Ano: 2019
Verso: “Devagarinho de manhãzinha
Eu vou enchendo-me de alegria
Como a flor que recupera sua cor
Aos pouquinhos com a chegada do novo dia”

“CORPO SENSUAL”
Quem: PABLLO VITTAR com MATEUS CARRILHO
Ano: 2017
Verso: “Vai passar mal
Viro sua mente com meu corpo sensual
Minha boca é quente, vem
Não tem igual”

“Q.S.A.”
Quem: JALOO com GABY AMARANTOS
Ano: 2019
Verso: “E se um dia eu te ver de novo
Por tudo que foi dá pra sorrir
E se um dia eu te ver com alguém
Meu bem nunca esqueça de mim”

“DECOTE”
Quem: PRETA GIL com PABLLO VITTAR
Ano: 2017
Verso: “Hoje eu vou pro samba
Que o meu corpo quer sambar
Minha alma pede samba
Eu cansei de te falar”

“SUA CARA”
Quem: ANITTA com PABLLO VITTAR
Ano: 2017
Verso: “Me encara, se prepara
Que eu vou jogar bem na sua cara
Bem na sua cara
Eu vou rebolar bem na sua cara”

“VÁ SE BENZER”
Quem: PRETA GIL com GAL COSTA
Ano: 2018
Verso: “Vá se benzer
Não banque o santo
Eu não pareço com você
Não acredito no que vejo na TV”

“SÓ O AMOR”
Quem: PRETA GIL com GLORIA GROOVE
Ano: 2019
Verso: “Suave como um furacão
Tranquila como um vulcão
Se joga no mundão
Não, e ninguém segura”

“YO YO”
Quem: GLORIA GROOVE com IZA
Ano: 2019
Verso: “Esse é o pique da pista
É brincadeira que te faz dançar e conquista
Oi desce desenrolando pra subir depois fica
Pode tremer a lomba lomba, trava e quica”

“CUIDANDO DE LONGE”
Quem: GAL COSTA com MARÍLIA MENDONÇA
Ano: 2018
Verso: “To te cuidando de longe
To te amando no meu canto
Diga que está feliz
Que daqui eu vou me virando”

Raphael Vidigal

Fotos: Maurício Santanna; e Ana Alexandrino/Divulgação.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Comentários pelo Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recebas as notícias da Esquina Musical direto no e-mail.

Preencha seu e-mail:

Publicidade

Quem sou eu


Raphael Vidigal

Formado pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, atua como jornalista, letrista e escritor

Categorias

Já Curtiu ?

Siga no Instagram

Amor de morte entre duas vidas

Publicidade