5 Filmes Inesquecíveis de Robin Williams

“Fazer reviver seu personagem juvenil e esforçar-se para, confundindo-se com ele, substituí-lo pelo que é no presente. É a mim mesmo que vejo nessa comédia do chefe, meu futuro.” Milan Kundera

robin-williams

Robin Williams foi um dos atores mais celebrados na indústria do entretenimento cinematográfico norte-americano. Múltiplo, atuou tanto em comédias escrachadas, quanto românticas, infantis e até desenhos animados. Também deu a sua contribuição para as películas dramáticas, tendo arrebatado o Oscar de melhor ator coadjuvante por sua atuação em “Gênio Indomável”. Listamos abaixo 5 filmes marcantes da vasta carreira de sucessos de Robin Williams, falecido neste dia 11 de agosto de 2014, aos 63 anos.

1980 – Popeye
Clássica história em quadrinho que migrou das tiras de jornal para a animação infantil e que em 1980 foi dirigida por Robert Altman no formato de longa-metragem. Robin Williams encarna um perfeito e de difícil composição Popeye, atendo-se a todos os tiques do protagonista que não dispensa um olho fechado, o cachimbo na boca de lado e boas doses de lata de espinafre.

1989 – Sociedade dos Poetas Mortos
Dirigido por Peter Weir em 1989, o filme narra a história de um nada ortodoxo professor que promove uma verdadeira revolução na mente de seus alunos acostumados a valores como disciplina e honra. Para isso subverte o sentido da poesia com que estes estavam acostumados e os seduz a um mundo fantástico. A personalidade rebelde de Robin contribuiu para o papel, e muito.

1993 – Uma Babá Quase Perfeita
O filme, dirigido por Chris Columbus, é um verdadeiro marco na história do cinema comercial e da carreira de Robin. Nele, o ator esbanja o talento para o humor físico e a transformação em outra personagem, feminina, deixa clara a sua capacidade de transitar entre o romântico, o trágico e o cômico. Uma série de patacoadas conduz o fio narrativo da história, lançada em 1993.

1997 – Gênio Indomável
Responsável pelo único Oscar na carreira de Robin Williams, como ator coadjuvante, “Gênio Indomável” explora a veia dramática do ator, que com rara sensibilidade emociona e toca quem o assiste nesse longa-metragem de 1997 dirigido por Gus Van Sant. Mesmo com um elenco recheado, a presença e o carisma de Robin Williams se tornam o grande destaque deste drama.

1998 – Patch Adams
Um ano após receber o Oscar, em 1998, Robin Williams teve o último papel de grande destaque na mídia, ao encarnar uma personagem real. “Patch Adams”, dirigido por Tom Shadyac narra a história do médico que usa de métodos inovadores e contestados para alentar e ajudar pacientes em situações complicadas. Outro papel em sintonia com a personalidade de Robin Williams.

robin-williams-filmes

Raphael Vidigal

Publicado originalmente no site Pipoca Virtual.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Comentários pelo Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recebas as notícias da Esquina Musical direto no e-mail.

Preencha seu e-mail:

Publicidade

Quem sou eu


Raphael Vidigal

Formado pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, atua como jornalista, letrista e escritor

Categorias

Já Curtiu ?

Siga no Instagram

Amor de morte entre duas vidas

Publicidade