5 personagens inesquecíveis de José Wilker

“ALEGRIA, compassa um círculo e diz: aqui o tempo é meu.
ALEGRIA, o personagem que não larga o seu instrumento um só momento.” Wally Salomão

jose-wilker-dona-flor

1- Roque Santeiro: na novela de Dias Gomes o ator cearense Zé Wilker, natural de Juazeiro do Norte, vivia o seu protagonista mais marcante na teledramaturgia brasileira, muito em razão dos companheiros que tinha em volta. Ele dividia quadros hilários com Lima Duarte, o Sinhozinho Malta e Regina Duarte, a Viúva Porcina.

2- Vadinho: na primeira adaptação cinematográfica de “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, um dos maiores sucessos do baiano Jorge Amado, Wilker dá vida ao malandro Vadinho, um mulherengo incorrigível para quem nem a morte é o limite. Contracenando com Sônia Braga e Mauro Mendonça, a cena em que o fantasma do ator caminha nu ao lado dos dois tornou-se uma das mais marcantes do nosso cinema.

3- Antônio Conselheiro: na pele do folclórico Antônio Conselheiro, José Wilker dá luz a um dos personagens reais mais brilhantes que viveu no cinema. A trágica histórica da “Guerra de Canudos”, entremeada por mortes, misticismo e profundidade serviu para que o ator mostrasse a faceta mais elaborada e de entrega do seu trabalho.

4- Giovanni Improtta: um sucesso tão “felomenal” que migrou, com raro êxito em ambas as plataformas, da televisão para o cinema. Wilker exercita a sua veia mais popular, pop, descontraída e debochada neste papel que teve o alcance ampliado graças aos recursos técnicos do ator, usados com rara categoria, sempre com o apoio luxuoso de sua inteligência afiada, cínica, irreverente.

5- Coronel Jesuíno: Wilker já havia atuado na primeira versão de Gabriela, mas foi na refilmagem, em 2012, que popularizou o macabro bordão “hoje eu vou lhe usar”. A personagem, que tinha tudo para se tornar odiosa ao público ganhou a graça que só os grandes atores são capazes de proporcionar, ao emprestar humanidade a figuras nefastas.

MBDBYBY EC018

Raphael Vidigal

Publicado originalmente no site Pipoca Virtual.

Fotos: o ator José Wilker em atuação nos filmes “Dona Flor e Seus Dois Maridos”; e “Bye Bye Brasil”, respectivamente.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Comentários pelo Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recebas as notícias da Esquina Musical direto no e-mail.

Preencha seu e-mail:

Publicidade

Quem sou eu


Raphael Vidigal

Formado pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, atua como jornalista, letrista e escritor

Categorias

Já Curtiu ?

Siga no Instagram

Amor de morte entre duas vidas

Publicidade

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com