O Violão Brasileiro por Lucas Telles

“Era um vale./De um lado/Seu verde, suas brancuras.
Do outro/Seus espaços de cor/Trigais e polpas
Azuladas de sol/Ensombradas de azul.
Era um vale./Deveria/Ter pastores/E água
E à tarde umas canções,/Alguns louvores.” Hilda Hilst

Lucas Telles apresenta o concerto "O Violão Brasileiro"

Lucas Telles não brinca em serviço. Ou melhor, brinca e faz do serviço uma obra artística, capaz de entreter e levar o espectador a estados de emoção e reflexão ao mesmo tempo. Para isto ele mune-se de seu violão, com o qual, aliás, já ganhou vários prêmios, entre e fora das Minas Gerais, mas também do repertório de nomes salutares ao nosso choro, um dos primeiros e mais autênticos estilos musicais desta terra descoberta por índios e oficializada por portugueses, quais sejam Garoto, Juarez Moreira, Cristóvão Bastos, Egberto Gismonti, Radamés Gnattali, além de criações do próprio protagonista.

É claro que haverá espaço para o que de melhor a música instrumental foi capaz de legar ao mundo, da longínqua valsa à composição de vanguarda que não se atém a estes batismos outros. Mas o que os comunga, além do gênero, é outra vedete. O espetáculo homenageia o violão brasileiro. Lucas bole e chora com o tempo, este preceito tão caro ao ofício, e percorre décadas no espaço do sentimento. O que se mantém nessa liturgia, além da nacionalidade do instrumento, está na força de arrebentação, a prova de que nem sempre a qualidade é subjetiva. Quem puder, segure o fascínio. Ou se entregue a ele.

Serviço
Projeto “Violões Pela Cidade”
Concerto de Lucas Telles – O Violão Brasileiro
CCSB (Centro Cultural São Bernardo) – rua Édna Quintel, 320
25 de agosto, quinta-feira, às 20h. Entrada gratuita.

Lucas Telles participa do projeto "Violões pela Cidade"

Raphael Vidigal

Fotos: Élcio Paraíso; e Divulgação, respectivamente.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Comentários pelo Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recebas as notícias da Esquina Musical direto no e-mail.

Preencha seu e-mail:

Publicidade

Quem sou eu


Raphael Vidigal

Formado pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, atua como jornalista, letrista e escritor

Categorias

Já Curtiu ?

Siga no Instagram

Amor de morte entre duas vidas

Publicidade

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com