6 clipes bombados de K-Pop no mundo

“Vocês sabem tão bem quanto eu: as pessoas nunca podem dizer claramente o que pensam do dinheiro, da morte, da fama ou do casamento, vocês precisarão apanhá-las nas entrelinhas; vocês terão que adivinhar.” Thornton Wilder

Fogos de artifício, dois monumentais tigres de bronze e, em cada um dos sete microfones, uma cor do arco-íris. Subitamente, alguém sobrevoa a plateia. É Jungkook, que, a exemplo dos demais membros do BTS, veste um alinhado terno branco feito sob medida pela renomada grife francesa Dior. Esse é um aperitivo da turnê “Love Yourself: Speak Yourself”, que começou na Califórnia, nos Estados Unidos, e chega ao Brasil no próximo final de semana, com apresentações nos dias 25 (sábado) e 26 (domingo) de maio, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, com capacidade para 55 mil pessoas.

Parte de uma série de oito apresentações que vai percorrer as Américas, a Europa e a Ásia, o anúncio do show avisa que se trata do “maior grupo de pop do planeta”. O esgotamento de todos os ingressos na capital paulista, que custavam entre R$ 205 (meia) e R$ 975 (inteira), torna a propaganda difícil de ser rebatida. Mas não é só isso. Depois de estrear em 2013 com o lançamento do single “No More Dream”, o conjunto de sete garotos sul-coreanos, que atualmente têm entre 21 e 26 anos, iniciou uma escalada impressionante e se consolidou como o maior expoente mundial de k-pop. A expressão é uma abreviação para korean pop, ou, em tradução literal, “música pop coreana”.

1º BLACKPINK
Música: “Ddu-du-ddu-du”
Visualizações: 815 milhões
Formado por Jennie, Jisoo, Lisa e Rosé, o grupo feminino estreou em 2016 e alcançou sucesso imediato. Um ano depois, teve o vídeo de K-Pop mais visto do YouTube, com a música “As If It’s Your Last”, o que se repetiu em 2018 com “Ddu-du-ddu-du”, que hoje é o 18º videoclipe do canal mais visualizado no mundo.

2º BTS
Música: “DNA”
Visualizações: 730 milhões
O nome da banda é uma abreviação para Bangtan Boys. Formado em 2013, o BTS logo se transformou no maior representante do K-Pop ao redor do mundo, graças a vários shows. Além de “DNA”, os sete membros do conjunto ainda emplacaram “Fake Love” entre os videoclipes mais visualizados do YouTube em 2018.

3º MOMOLAND
Música: “Boom Boom”
Visualizações: 400 milhões
Surgido num programa de reality show da TV sul-coreana, o grupo começou com Hyebin, Yeonwoo, Jane, Nayun, Jooe, Ahin e Nancy. Um ano depois, em 2017, Daisy e Taeha, se juntaram ao conjunto que emplacou o hit “Boom Boom” no YouTube. A música foi acusada de plágio e, em maio de 2019, o grupo se desfez.

4º TWICE
Música: “What Is Love?”
Visualizações: 350 milhões
Também fruto do reality show “Sixteen”, o grupo de K-Pop feminino é formado por nove integrantes. Embora tenha começado a se apresentar em 2015, o auge só aconteceu em 2018. Além das milhões de visualizações no YouTube, “What Is Love” angariou os prêmios de música do ano e de melhor performance de dança.

5º IKON
Música: “Love Scenario”
Visualizações: 300 milhões
Antes de estrearem em 2015, os sete integrantes do conjunto tiveram que passar, literalmente, por uma prova de fogo, ao participarem de um programa de sobrevivência ao estilo “No Limite”. Fora desse cenário, os rapazes emplacaram uma canção cheia de romantismo e boas intenções nas plataformas do YouTube.

6º RED VELVET
Música: “Bad Boy”
Visualizações: 210 milhões
Com cinco integrantes, a banda feminina foi uma das primeiras apostas da produtora S.M. Entertainment. Lançado em 2014, o conjunto abocanhou o primeiro troféu em 2015, quando venceu nas categorias de novo artista e melhor dança feminina do Golden Disc. O hit “Bad Boy” exibe com fofura as relações amorosas.

Raphael Vidigal

Fotos: YouTube/Reprodução.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Comentários pelo Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recebas as notícias da Esquina Musical direto no e-mail.

Preencha seu e-mail:

Publicidade

Quem sou eu


Raphael Vidigal

Formado pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, atua como jornalista, letrista e escritor

Categorias

Já Curtiu ?

Siga no Instagram

Amor de morte entre duas vidas

Publicidade